Estações de ensaio eléctrico Tesla Lab: perícia que vai ao encontro das suas necessidade

Originalmente criado apenas para a qualificação interna dos produtos, os laboratórios de ensaio são, actualmente, uma ajuda indispensável para as vendas em França e para as exportações.
A Tesla Lab disponibiliza os serviços dos seus laboratórios de ensaio aos seus clientes, de modo a que estes se possam abrir a novos mercados. 

 

Testes reconhecidos

O laboratório de ensaio Tesla Lab está acreditado pelo organismo francês de aprovação COFRAC (1) (Comité Français d'Accréditation). É membro do l'ASEFA (2) (organismo de certificação para equipamento de baixa tensão) e do LOVAG (3) (Low Voltage Agreement Group), e trabalha regularmente em parceria com organismos internacionais de certificação: KEMA, CEBEC, UL, CSA, ASTA, Lloyd's Register of Shipping, Bureau Véritas, BBJ-SEP, EZU, GOST-R, …

Recursos de alto desempenho

Estão disponíveis 3 estações de ensaio para verificação:
• capacidades de comutação e de corte (sobrecargas)
• características em curto-circuito condicionais (com protecção)
• características em curto-circuito de duração breve e admissível (1 segundo e 3 segundos)
• resistências eléctricas
• características operacionais de sistemas de protecção (fusíveis, disjuntores, …)
• ligações entre equipamentos distintos

Plataforma 1

 

Plataforma 2

 

Plataforma 3

Esta plataforma é alimentada por um transformador HV/LV 1250 KVA com:
• tensões disponíveis: 250V, 440V, 550V, 660V, 725V, 1000V e 1100 V
• correntes disponíveis: 2500A/440V, 2000A/550V, 1500A/725V.
  A sua fonte de alimentação é um alternador com:
• potência nominal 4 MVA
• potência instantânea: 20 MVA
Características de ensaio: 30 kA/440V, 24 kA/525V.
  A sua fonte de alimentação é um alternador com:
• potência nominal: 28 MVA
• potência instantânea: 100 MVA
Características de ensaio:
100 kA/440V, 80 kA/525V, 50 kA/725V
100 kA 1 segundo, 50 kA 3 segundos.

Um serviço feito para medir

O laboratório de ensaio Tesla Lab pode libertá-lo de todos os passos administrativos incluídos num grande número de procedimentos de certificação. Assumimos os contactos com os organismos de certificação, assim como a monitorização do procedimento para a obtenção do certificado.
Um conjunto de equipamentos e serviços está pessoalmente reservado para si, para que possa seguir os nossos ensaios nas melhores condições possíveis:

  • câmara para monitorizar os ensaios com um ecrã de supervisão
  • o monitor do PC apresenta resultados em tempo real
  • sala completamente equipada: telefone, tomadas para computador
  • gravação em vídeo dos ensaios
  • fornecimento de fusíveis
  • assistência em toda a sua organização prática: hotel, reservas de transporte,…

Ensaios completos

Ensaios de aumento de temperatura:

 

Ensaios ambientais:

• três salas especiais permitem que os aumentos da temperatura sejam medidos no equipamento eléctrico através da utilização de 72 termopares e duas estações centrais de visualização
• as correntes disponíveis podem alcançar 6000 A em corrente contínua ou alternada

• as salas de aumento de temperatura também permitem o cálculo da dissipação de energia.

 

• testes em atmosferas secas ou húmidas (de -20°C a +180°C)
• temperatura cíclica ou ensaios de variação de humidade

• ensaios de conservação até -40°C
• vibração sinusoidal cíclica ou de ressonância
• ensaios de redução térmica.

Ensaios dielectricos:

 

Ensaios em corrente continua :

• onda de choque de 1,2 µs, tensão de pico até 30 KV
• ensaio a 50 Hz, 1 minuto, tensão de 1 a 20 KV
  Um rectificador em ponte trifásico alimentado por uma das 3 plataformas permite a realização de ensaios em corrente contínua

Ensaios mecânicos:

 

Ensaios de isolamento:

• durabilidade mecânica de ensaios em equipamento eléctrico
• ensaios de tracção e de curvatura em terminais de equipamento
• ensaios de tensão ou de compressão até 20 000 N.
  • ensaios de capacidade e extinção com fio incandescente até 960 °C
• determinação do índice de rastreio comparativo (C.T.I.).

(1) COFRAC
(Comité Français d'Accréditation) Organismo francês de acreditação. (Âmbito de acreditação disponível sob pedido). Criado em 1994 pelos poderes públicos, o COFRAC permite que os laboratórios e organizações que acredita provem sua competência e imparcialidade. Desta forma, oferece às empresas, aos consumidores e às autoridades locais uma garantia real de confiança nos serviços oferecidos pelas organizações acreditadas.

 

 

 

(2) ASEFA
(Organismo de certificação para equipamento de baixa tensão)
Criada em 1973, a ASEFA é uma organização de certificação independente. Esta disponibiliza aos seus clientes plataformas de ensaio que, actualmente, representam o equipamento mais potente a nível mundial em capacidade de curto-circuito.
A ASEFA tem uma estrutura independente. As plataformas ligadas à ASEFA através de uma carta estão acreditadas pelo COFRAC, do modo a garantir um "know-how" de desempenho extremamente elevado, neutralidade absoluta e confidencialidade total dos resultados.
A ASEFA oferece 23 plataformas que pertencem aos seus 9 membros (ABB, FERRAZ, LCIE, SOCOMEC, SCHNEIDER, GE Power Control France, LEGRAND, CEGELEC, ENTRELEC).

(3) LOVAG
Num contexto europeu, a EOTC (European Organisation for Testing and Certification) foi reconhecida como um grupo de acordo, o LOVAG (Low Voltage Agreement Group), para lidar com o reconhecimento mútuo de certificações entre a ACAE e a CESI (Itália), ALPHA (Alemanha), ASEFA (França), CEBEC (Bélgica), KEMA (Países Baixos), SEMKO (Suécia), FIMKO (Finlândia) e ASTA (Grã-Bretanha), que são organizações semelhantes. Este reconhecimento mútuo proporciona abertura a nível internacional.