• Escolher os interruptores-seccionadores certos

  • Porquê escolher um interruptor-seccionador concebido para aplicações fotovoltaicas?

    • Operações seguras

      Para garantir a separação elétrica durante operações de manutenção ou para o corte de emergência para evitar um risco de incêndio ou choques elétricos, é essencial utilizar interruptores fotovoltaicos.
      Estes dispositivos têm de ser instalados em cada nível funcional da instalação com base na sua arquitetura.
      De modo a interromper um circuito de corrente contínua vindo de um string fotovoltaico, gerador ou UPS, é necessário um dispositivo SIRCO PV ou SIRCO MC PV:
      • Isole as altas tensões CC associadas,
      • garanta uma desativação em carga segura vários milhares de vezes em toda a gama de correntes CC associadas a variações diárias da luz solar, até 1500 VDC.

    • Dispositivos concebidos para condições extremas

      Os SIRCOs foram concebidos para utilização industrial. São extremamente robustos, com caixas feitas de materiais termofixos reforçados com fibra de vidro, proporcionando várias vantagens:
      • Temperaturas estáveis, ao contrários de alguns termoplásticos,
      • Excelente resistência a altas temperaturas,
      • Boas características elétricas: Arco e resistência de isolamento,
      • Boas características mecânicas: Estabilidade e rigidez dimensionais ao longo do tempo.
       Estas vantagens são particularmente importantes em instalações fotovoltaicas, onde a temperatura pode estar abaixo dos 0°C ou acima dos 50°C.

    • Design Back-to-back, uma solução inovadora

      A gama de interruptores-seccionadores fotovoltaicos SOCOMEC permite a desativação em carga de dois circuitos simultâneos utilizando uma única pega.
      Vantagens
      • Poupança de espaço: A largura geral é a mesma que a dos dispositivos de 3 ou 4 polos. Isto permite poupanças significativas, quando comparado com a utilização de dispositivos separados.
      • Ligação e integração simples.
      • Aumentar a tensão: Ligar os dois dispositivos em série permite o corte em carga de tensões superiores a 1000 VDC.
      • Duplicar a capacidade de corrente: ligando dois dispositivos em paralelo.                                                                                                                                                                                                     

    • Quais são as normas que se aplicam às instalações fotovoltaicas?

      Para instalações

      As instalações fotovoltaicas são controladas por normas internacionais como IEC e UL. Estas normas fornecem as diretrizes para colocar uma instalação fotovoltaica em funcionamento.
      • IEC 60364-7-712: Instalações elétricas de edifícios
      — Requisitos para instalações especiais ou locais — Sistemas de alimentação de energia fotovoltaica (PV) solar.
      • IEC 62548: Requisitos de instalação e segurança para geradores fotovoltaicos (PV).
       

      Para dispositivos de corte
      Atualmente não existe uma norma logo_156_01.pnglogo_157_01.png
      IEC específica. 
      Os fabricantes têm, por isso, de consultar a norma
      IEC 60947-3. Nos EUA, a norma de referência é UL98B. Esta norma, que é mais estrita do que a IEC 60947-3, exige testes rigorosos, particularmente em relação às temperaturas e resistência ao arco elétrico.
      Os SIRCO PVs foram desenvolvidos em conformidade com a norma IEC 60947-3 e UL98B.